Segunda, 29 Maio 2017 11:06

Voluntários contam histórias para crianças e adolescentes internados em hospitais do DF Destaque

Escrito por Dalva de Oliveira
Avalie este item
(1 Votar)

Apoio da Fundação Banco do Brasil ao projeto possibilita a formação de contadores de histórias

Com quase duas décadas de trabalho voluntário e dez anos de atuação em hospitais públicos do Distrito Federal, a Associação Viva e Deixe Viver formalizou na segunda quinzena de maio, convênio com a Fundação Banco do Brasil no valor de R$ 68 mil.

O investimento social será destinado à capacitação de voluntários para contação de histórias. Serão oferecidas 14 oficinas diretamente nos hospitais Materno Infantil (HMIB) e Regional de Ceilândia (HRC), em atividades práticas juntamente com os educadores, oficineiros e crianças.

Os recursos permitirão a continuidade das ações de educação e cultura na saúde do projeto "Viva Feliz", que atende crianças e adolescentes internados. O objetivo é tornar o período clínico e de internação hospitalar em um momento mais alegre, agradável e terapêutico, tanto para os atendidos, como para os familiares. Nas atividades, a Unidade Viva Brasília conta com equipe composta por 80 voluntários cadastrados.

“A parceria com a Fundação BB tem um significado muito especial para nós. Ela vai permitir aprimorar os conhecimentos de nossos voluntários e divulgar o nosso trabalho de humanização hospitalar. Também teremos oportunidade de tornar nossa ação mais eficiente, proporcionando a melhora no atendimento oferecido ao usuário e ao servidor da saúde”, declarou Adriana Dias, coordenadora da Associação.

Os voluntários são identificados com aventais coloridos e organizados em escala de alas, dias e horários, de forma a atender o maior número de crianças e adolescentes. São desenvolvidas atividades tais como leitura, canto, dramatização e jogos, como forma de desenvolver as aptidões dos pacientes e proporcionar a humanização dos serviços de saúde.

Todo o atendimento prestado pelos contadores é registrado no Diário do Contador, um sistema de controle no site www.vivaedeixevirer.org.br. Além de São Paulo e Distrito Federal, a Associação Viva e Deixe Viver também atua no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Ceará, Bahia e Pernambuco.

“Temos a expectativa de melhorar e ampliar nossos serviços, fortalecendo valores e princípios éticos essenciais entre os sujeitos que trabalham na saúde”, concluiu a coordenadora.

A divulgação deste projeto contempla um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.
3

Ler 6136 vezes Última modificação em Segunda, 29 Maio 2017 11:28

5 comentários

  • Link do comentário redes de proteção Quarta, 07 Novembro 2018 21:10 postado por redes de proteção

    adorei o conteudo parabéns

  • Link do comentário celia lopes Sábado, 08 Setembro 2018 10:14 postado por celia lopes

    quero ser uma voluntaria contando historias

  • Link do comentário Ivana Tonial Sexta, 06 Outubro 2017 12:18 postado por Ivana Tonial

    Gostaria de ser voluntária de contação de história.
    O que preciso fazer?

  • Link do comentário Jusciclea Sexta, 02 Junho 2017 23:17 postado por Jusciclea

    Gostaria de ser voluntária de contração de história ou projeto de alfabetização de adultos !

  • Link do comentário Emanoelle laiana Terça, 30 Maio 2017 10:35 postado por Emanoelle laiana

    "Eu amei" acho lindo pessoas que tiram um pouco do seu tempo para levar carinho para essas crianças e adolescentes , um pouco de caridade não mata ninguém !!!

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.