Quarta, 14 Fevereiro 2018 14:16

Quem é Gabriela?

Projeto apoiado pela Fundação BB capacita jovens e adultos do DF e Entorno em administração e controle do orçamento familiar

“Eu nasci assim, eu cresci assim
Eu sou mesmo assim
Vou ser sempre assim
Gabriela, sempre Gabriela”

Esse é um trecho de “Gabriela”, música de Dorival Caymmi que inspirou o nome do projeto “Não Sou Gabriela - Formação em Educação Financeira Comunitária”, que ensina jovens e adultos carentes a controlar os gastos, administrar de forma eficiente as finanças familiares e criar o hábito de poupança para necessidades futuras.

Recentemente, o projeto, encabeçado pela organização não governamental Programa Providência de Elevação da Renda Familiar, de Brasília, recebeu investimento social de R$ 68 mil da Fundação BB para estruturar novos cursos a moradores do Distrito Federal e de cidades do chamado Entorno, que compreende 22 municípios que fazem fronteira com a unidade federativa ou são próximos a ela.

Mas qual a relação da letra de Caymmi com o projeto? O educador financeiro Max Coelho, coordenador do projeto e formador dos educadores do curso, explica que qualquer pessoa tem capacidade de mudar o discurso da Gabriela da música, com adoção de novos hábitos como aqueles que auxiliem no controle e organização do orçamento.

Coelho explica que as turmas são formadas por quase 90% de mulheres, e que o projeto incentiva a conquista da autonomia e do protagonismo social para que elas se prepararem para o futuro. “Procuramos sensibilizar as pessoas e nunca impor nada. Nosso desejo é que eles aprendam a poupar, a reduzir custos e não a ter mais trabalho”.

O curso é dividido em três módulos: endividamento, planejamento e investimentos. Em treze encontros realizados ao longo de três meses, os alunos têm acesso a ferramentas que auxiliam no processo de reeducação financeira, com orientações sobre como elaborar um planejamento. Nele também são abordados temas como financiamentos bancários, direitos trabalhistas e consumo consciente.

Em abril, a ONG iniciará uma turma para formar educadores sociais voluntários, que serão multiplicadores ou educadores financeiros. As novas turmas de alunos têm previsão de início para maio.

Programa Providência de Elevação da Renda Familiar:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

3321-1762

Sustentabilidade financeira para crianças
Em janeiro, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) homologou documento para que a educação financeira integre a lista de disciplinas que devem ser incorporadas às propostas pedagógicas para crianças do ensino fundamental de estados e municípios. Também estão neste rol de matérias o ensino das Relações Étnico-Raciais, a História e Cultura Afro-Brasileira, Educação Ambiental e Educação para o Trânsito.

A divulgação deste assunto contempla três Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.

04ods 100x100 012ods 100x100 017ods 100x100

Publicado em Notícias

A entidade contou com a parceria da Fundação BB em projetos para crianças, adolescentes, jovens e adultos

Nesse sábado, (01/07), a Associação Ludocriarte da cidade de São Sebastião (DF) realizará o XXIV Festival Artístico e Cultural da Brinquedoteca. A noite será recheada de atrações protagonizadas pelas crianças: espetáculo de música, teatro, dança, audiovisual, poesia, desfile, roda de capoeira e cultura popular. Na ocasião serão vendidas comidas típicas nordestinas, e um brechó com vendas de roupas, calçados e acessórios. Haverá também apresentação da mestra Martinha do Coco - cantora de samba de coco, maracatu e ciranda - que traz repertório de resgate da cultura nordestina com a cara do cerrado.

O evento marcado para acontecer às 19 horas, na sede da entidade, irá celebrar o encerramento do projeto “Nossa Ancestralidade Negra - cultura e identidade sob o olhar da criança”, uma parceria com a Fundação Banco do Brasil, fruto de convênio celebrado em 2016, com investimento social de R$ 70 mil.

Criada há 12 anos pelo italiano, radicado no Brasil, Paolo Chirola, a Ludocriarte atende cerca de 200 crianças e adolescentes por ano, com idades entre 6 e 14 anos. A entidade oferece atividades gratuitas de lazer, recreação, arte, cultura e educação não formal para crianças, adolescentes e seus familiares, com o objetivo de fortalecer a identidade e os valores afro culturais, assim como a defesa e promoção dos direitos sociais.

Hoje, no espaço são oferecidos diversos cursos e oficinas no contraturno escolar - artes plásticas, informática, jogos, capoeira, biodança, dança de rua, hip hop e musicalização. Além disso, os atendidos recebem auxílio nas tarefas escolares.

“Vamos proporcionar aos visitantes uma noite linda, com muitas atrações. Nossa festa será toda voltada para a cultura negra. Esse projeto com a Fundação BB nos fez perceber que precisamos trabalhar o tema, porque quase cem por cento dos nossos atendidos são negros ou descentes de negros, por isso precisamos reforçar a identidade de suas origens”, disse o presidente e idealizador do projeto.

Paolo explica ainda que precisa buscar mais parcerias para dar continuidade ao trabalho. Segundo ele, com o aporte financeiro da Fundação Banco do Brasil foi possível melhorar o espaço da brinquedoteca, comprar alguns equipamentos e investir na qualificação dos profissionais que atendem as crianças e adolescentes.

Formatura BB Educar

Ao final do evento, haverá a entrega de certificados para dez alunos do curso de alfabetização de jovens e adultos, com idades entre 36 e 86 anos, ministrado por duas funcionárias aposentadas do Banco do Brasil - Maria de Fátima Silva e Luciana de Oliveira Pinto. As voluntárias dedicaram oito meses na alfabetização da turma. O BB Educar é uma tecnologia social da Fundação BB para capacitação de colaboradores que atuam em núcleos de alfabetização de jovens e adultos. A metodologia tem como base os princípios de uma educação libertadora e a prática da leitura do mundo, que considera a realidade do alfabetizando como ponto de partida do processo educativo.

Serviço
XXIV Festival Artístico-Cultural da Ludocriarte
Data: 01 de julho
Horário: a partir das 19h.
Local: Brinquedoteca Comunitária de São Sebastião (Quadra 103, conjunto 05, casa 01)

A divulgação deste projeto contempla dois Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.

04ods 100x100 010ods 100x100

Publicado em Notícias