Sexta, 05 Novembro 2021 15:11

Grupo Verde planta mudas de espécies nativas da Mata Atlântica Destaque

Escrito por Assessoria de Comunicação
Avalie este item
(1 Votar)

 

Iniciativa plantará 50 mil árvores e contempla também o plantio de espécies exóticas

Em mais um esforço para a conservação da biodiversidade da Mata Atlântica, no mês de outubro o Grupo Verde realizou o ato simbólico de plantio de mudas de espécies nativas e exóticas na sede da Cooperativa Agrícola Mista de Alto Tietê (Camat), em Salesópolis (SP) e contou com a presença de executivos do Banco do Brasil, Fundação BB e BB Consórcios.

O Grupo Verde é uma parceria entre Banco do Brasil, Fundação BB e BB Consórcios para estimular a “Economia Verde”. Conduzido pelo Instituto AUÁ, o plantio de 50 mil árvores terá início neste mês de novembro e utilizará sistemas agroflorestais, um tipo de agricultura sustentável, que gera uma renda segura para o produtor, alia a recuperação do solo e da biodiversidade a fixação de carbono.

O projeto será executado nas bacias hidrográficas do Alto Paraíba e Alto Tietê, que abastecem as regiões metropolitana de São Paulo e Rio de Janeiro, localidades altamente populosas. Além de ser um importante meio de conservação, o plantio beneficia a comercialização de frutas e espécies nativas, promovendo impacto na economia e geração de trabalho e renda dos agricultores locais. A área receberá mudas das espécies nativas da Mata Atlantica: cambuci, uvaia, jerivá, ingá e cabeludinha.

Recuperação e conservação

A iniciativa do Grupo Verde prevê a recuperação e conservação de áreas degradadas, de pequenos produtores rurais, de forma a estimular o desenvolvimento econômico sustentável de agricultores familiares. Durante um prazo de 30 meses, o plantio será realizado nas regiões do Vale do Jequitinhonha, no estado de Minas Gerais e no Bioma Mata Atlântica, em municípios do entorno da Serra do Mar de São Paulo (Alto Tietê, Vale do Paraíba e Vale do Ribeira) e deve atender 155 famílias.

Grupo Verde

As cotas do Grupo Verde estão disponíveis na modalidade Trator/Caminhão e os bens de referência possuem índice de atualização pelo IPCA, com reajuste anual, conforme as características abaixo:

Vale reforçar que, seguindo a legislação vigente, que confere versatilidade ao produto, a carta de crédito pode ser utilizada para aquisição de qualquer bem móvel, como motocicletas, veículos leves ou pesados, implementos agrícolas ou rodoviários, máquinas e equipamentos.

A iniciativa reforça o engajamento da BB Consórcios com os 10 compromissos em sustentabilidade com metas até 2030, lançado pelo BB em 12 de fevereiro, notadamente em dois deles: “Fomento à Energia Renovável” e “Contribuição à Sociedade”. Além disso, reforça a estratégia da Fundação BB 2019-2023 em seu Programa Meio Ambiente e Renda.

Confira como foi o ato simbólico

Ler 418 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.