Quinta, 24 Novembro 2016 10:39

Fundação BB, Movera e BB firmam acordo de reaplicação de Tecnologias Sociais Destaque

Escrito por Bruno Maciel
Avalie este item
(1 Votar)

Entidades vão realizar ações de capacitação financeira e bancária na promoção da inclusão social de comunidades brasileiras

A Fundação Banco do Brasil, a Movera Serviços e Promoção do Empreendedorismo e o Banco do Brasil vão reaplicar tecnologias sociais e empreender ações de capacitação financeira, inclusão bancária e produtiva para promover a inclusão e o desenvolvimento sustentável. Esses são os termos de acordo firmado entre as partes na última semana, em Brasília.

A atuação conjunta potencializa o alcance das ações a serem empreendidas à medida que cada entidade atua de forma complementar à outra. A Fundação BB, por exemplo, melhora a vida das pessoas por meio da inclusão socioprodutiva e do desenvolvimento sustentável e da reaplicação das tecnologias sociais. Já a Movera tem por missão oferecer orientações e soluções adequadas de microfinanças, enquanto o Banco do Brasil é um agente indutor do desenvolvimento do País por meio da inclusão financeira e dos negócios sociais.

Para a execução do acordo, a Fundação BB se compromete a cooperar tecnicamente para a promoção, a difusão e a reaplicação de tecnologias sociais, aproveitando-se do conhecimento produzido na condução do Programa Banco de Tecnologias Sociais. De acordo com o diretor executivo de desenvolvimento sustentável da FBB, Rogério Biruel, a parceria trará ganhos para toda a sociedade. “A atuação da Fundação BB para o desenvolvimento dessas ações é o primeiro passo para a inclusão social de camadas vulneráveis na sociedade brasileira. Na sequência, trabalhamos com o conceito de inclusão financeira que permitirá com que as pessoas se tornem consumidores dos serviços bancários de forma sustentável”, pondera.

O acordo tem a vigência de 36 meses, podendo ser prorrogado até 60 meses. Além disso, outros representantes de órgãos da administração pública e privada, de entidades de classe, bem como especialistas ligados ao tema também poderão ser convidados para a operacionalização do acordo.

 

Ler 7162 vezes Última modificação em Quinta, 24 Novembro 2016 10:50

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.