Portal TicoLipu

Mulheres indígenas da aldeia Tico Lipú foram capacitadas para confecção de biojóias com produtos da região


Repassar conhecimento, dividir o tempo livre e levar esperança para o próximo sem qualquer tipo de remuneração. Essas são algumas características de um líder voluntário – pessoa que compartilha sabedoria e trabalha para angariar recursos a fim de proporcionar o bem comum de um grupo. Foi desta forma que Janir Gonçalves Leite, indígena Terena e servidora pública em Aquidauana (MS), mobilizou mulheres da aldeia Tico Lipú, em 2017, para dar orientações quanto ao manejo de sementes e confecção de biojóias.

Janir explica que a aldeia passava por dificuldades e o trabalho desenvolvido com as mulheres indígenas serviu como estímulo. “Realizamos um curso de produção de ecobag, com certificado para as participantes. Elas produziram bolsas com pinturas e grafismos Terena e também receberam orientação com foco na precificação e comercialização das bolsas”, explica. Desta forma, o projeto proporcionou geração de renda com a receita das vendas e, investimentos como reposição de materiais e reparo de equipamentos.

Os primeiros frutos da ação já vieram logo no início do projeto, quando o trabalho foi reconhecido pelo Prêmio Acolher Natura. Com o recurso obtido foi possível viabilizar a construção de um espaço cultural com um banheiro e sala em alvenaria para abrigar o trabalho das mulheres. Também foi possível realizar a compra de uma mesa de trabalho, prateleira para guardar os produtos e a matéria-prima, além de bicicletas para facilitar a locomoção das mulheres.

No mesmo ano a ação foi novamente reconhecida, desta vez como vencedora na categoria Líder Voluntário do Prêmio Viva Voluntário, organizado pelo Governo Federal com apoio da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Na ocasião o Coletivo de Mulheres Indígenas Artesãs Terena recebeu o investimento social de R$ 50 mil da Fundação Banco do Brasil para a manutenção dos seus projetos.

Janir explica que esta premiação proporcionou mais visibilidade e gerou impacto positivo. O maior deles foi o reconhecimento pela Fundação Nacional do Índio – FUNAI, permitindo aos residentes locais a identificação como pertencentes à aldeia, além de direitos sociais e acesso a serviços públicos garantidos. Antes disso as mulheres precisavam se deslocar até outras aldeias para registrarem seus filhos como pertencentes a outra comunidade. Com a certificação da FUNAI, o cacique local tem autoridade para registrar as crianças e demais moradores como provenientes da Aldeia Tico Lipú. As mulheres indígenas também conquistaram acesso a outros direitos, como licença-maternidade e aposentadoria pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS, disponibilizadas devido ao trabalho artesanal da confecção de biojoias e ao trabalho na terra.

Feliz com a conquista, Janir leva adiante a sua liderança voluntária e já articula novas ações em outra comunidade indígena. “Com o recurso e a visibilidade do Prêmio, consegui expandir o projeto para a Aldeia Água Branca (situada no Distrito de Taunay, distante 60km da cidade de Aquidauana), onde atualmente desenvolvo um trabalho que possibilita a realização de oficinas para confecção de roupas indígenas femininas e produção de biojóias com sementes naturais”, explica Janir.

Viva Voluntário

O Prêmio Viva Voluntário faz parte do Programa Nacional Viva Voluntário que identifica e incentiva o desenvolvimento da cultura do voluntariado e de educação para a cidadania, com o objetivo de fortalecer as organizações da sociedade civil e promover uma participação ativa da sociedade. O programa o também disponibiliza uma plataforma virtual que funciona em formato de rede social para conectar cidadãos, empresas e membros sociedade civil que buscam ou promovam oportunidades de trabalho voluntário. A plataforma tem abrangência nacional e busca dar visibilidade a ações voluntárias que acontecem em todo o país possibilitando a junção entre organizações e voluntários. Acesse para saber mais https://vivavoluntario.org/

 

 

Confira aqui os outros vencedores do Prêmio Viva Voluntário:

Voluntariado nas Organizações da Sociedade Civil

Voluntariado no Setor Público

Líder Voluntário

 

Publicado em Notícias