Fundação BB vai investir R$49 mil no Recicla Seridó que faz parte do projeto Voluntários BB/FBB

Para contribuir com a melhoria da qualidade de vida de catadores de materiais recicláveis do Rio Grande no Norte, a Fundação Banco do Brasil e a Cáritas Diocesana formalizaram nesta quarta-feira (7), o lançamento do projeto Recicla Seridó.

O convênio faz parte do projeto Voluntários BB/FBB 2016 e destinará cerca de R$ 49 mil para 50 trabalhadores quem vivem da reciclagem nos municípios de Caicó, Acari, Currais Novos, Santana do Matos e Parelhas.

A proposta é capacitar os participantes por meio de oficinas sobre cooperativismo, autogestão, liderança, conhecimentos legais, trabalho em rede, gênero, lei Maria da Penha e segurança no trabalho. O projeto também visa conscientizar a população da região através de campanhas educativas, entre fevereiro e setembro do próximo ano.

Além disso, está prevista a contratação de assessoria especializada para realização de campanhas educativas com a finalidade de sensibilizar a sociedade sobre a importância da implementação da coleta seletiva solidária, envolvendo a formação de multiplicadores nas escolas, nos postos de saúde, empresas e instituições da região. Também estão programadas a aquisição de um computador, materiais didáticos, banners e folders, camisetas, bolsas e bonés para o desenvolvimento das atividades.

Para Alcides Berlamino, presidente da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Caicó, que é uma das entidades participantes do projeto, a formação envolve os trabalhadores e fortalece a atividade. “Essa capacitação chegou em boa hora. Vamos aprender um pouco mais, melhorar nosso trabalho em rede e reforçar a importância do trabalho da reciclagem. Quando somos qualificados, a gente passa a ser visto pela sociedade, aumenta nossa autoestima e nossa produtividade.”

Montagem

Publicado em Notícias

Fundação BB participa de celebração que dá início à revitalização de Biblioteca Lúdica e Interativa no Centro de Educação Amiguinho Feliz


“A gente acha que para ser voluntário precisa mover meio mundo. Mas, não. Às vezes é mais simples do que a gente imagina”. Foi assim que o funcionário da agência do Banco do Brasil em Blumenau (SC), Guilherme Piske definiu como é ser voluntário.

A 500 metros do seu local de trabalho há uma entidade que cuida de crianças e adolescentes enquanto os pais trabalham, o Centro de Educação Amiguinho Feliz. A entidade vive de doações e oferece educação infantil em período integral para crianças de até 6 anos de idade, e apoio escolar no contra turno das aulas para as de 6 a 12 anos. Ao todo, o centro atende 180 alunos e desenvolve atividades de educação, saúde, lazer, arte e cultura enquanto os pais trabalham e geram renda familiar. O acolhimento reduz a situação de vulnerabilidade social e promove melhoria na qualidade de vida dessas famílias.

Foi ali que Guilherme e mais 13 colegas, reunidos em equipe, encontraram uma oportunidade de desenvolver um trabalho voluntário. “A história deles mexeu com a gente”, destacou outra integrante da equipe Marineusa Sutter.

Além das doações pessoais que os funcionários já faziam à entidade, eles desenvolveram uma ação maior, concretizada com o Projeto Voluntários BB/FBB. O projeto prevê a revitalização de um antigo espaço de leitura. Com investimento social de cerca de R$44 mil da Fundação Banco do Brasil, o local vai ser reformado e vai receber instalação de piso, pintura, móveis e cerca de 120 livros novos. A intenção é promover o enriquecimento pedagógico e cultural das crianças e estimular o hábito da leitura.

“Esse espaço vai ser importante para o desenvolvimento das atividades que desenvolvemos na entidade. É lá que procuramos estimular o repertório cultural das crianças, com a promoção da criatividade, estímulo à leitura e a interação com a literatura”, destacou Josiane Carvalho, orientadora pedagógica do Centro de Educação Amiguinho Feliz.

Graças a essa iniciativa, nesta sexta-feira (26), nas vésperas do Dia Nacional do Voluntariado, a Fundação BB assina e oficializa o convênio que vai dar início às obras para a reestruturação da Biblioteca Lúdica e Interativa no Centro de Educação Amiguinho Feliz. A data comemorativa do próximo domingo, dia 28, nos relembra a importância de desenvolvermos uma atividade em prol do próximo.

"Ser voluntário e desenvolver essa ação nos trouxe o espirito de coletividade. A equipe passou a pensar diferente depois do Amiguinho Feliz. Ele nos trouxe uma sensação de familiaridade entre os colegas de trabalho”, concluiu o funcionário do BB Carlos Eduardo Pitz.

O projeto Voluntários BB/FBB tem como objetivo apoiar ações sociais e ambientais desenvolvidas por instituições sem fins lucrativos, com iniciativas de inclusão socioprodutiva, geração de trabalho e renda, cuidado ambiental e educação.

 

Publicado em Notícias
Segunda, 22 Agosto 2016 15:08

Programa Voluntariado BB Aposentados

OBJETO: apoio a projetos sociais desenvolvidos por entidades sem fins lucrativos que tenham a atuação voluntária de funcionários aposentados do Banco do Brasil, em iniciativas de promoção da cidadania, geração de trabalho e renda, cuidado ambiental, educação, cultura, esporte e saúde, visando a inclusão social e produtiva dos públicos priorizados pela Fundação Banco do Brasil

 

Programa Voluntariado BB Aposentados 2016

Programa Voluntariado BB Aposentados 2016 - Resultado Final
Programa Voluntariado BB Aposentados 2016 - Chamada Interna

Formulários para preenchimento:
Programa Voluntariado BB Aposentados 2016

Programa Voluntariado BB Aposentados 2016 - BB Educar

Programa Voluntariado BB Aposentados - BB Educar 2016 - Chamada Interna*

Formulários para preenchimento:
Programa Voluntariado BB Aposentados - BB Educar

* Observação: Chamada atenderá projetos de voluntários aposentados do Banco do Brasil já cadastrados no projeto Integração e com a conclusão do curso de alfabetizador no BB Educar.

 

FBB Voluntariado Marca 02

Publicado em Paginas Internas