Mostrando itens por marcador: cidadania

Iniciativa criada por aposentada do BB já ofereceu oportunidades de formação cidadã e de qualificação profissional a três mil participantes

A qualificação profissional é um dos pontos fortes da Associação Comitê da Cidadania, da cidade de Sapucaia do Sul (RS). Mas a atuação vai além da capacitação, pois busca acolher os participantes com amor, como se fosse uma família.

É assim que tem sido o dia a dia na entidade que atua desde 1993 para garantir aos jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade social o exercício da cidadania, o resgate da autoestima e, ainda, a preparação para o mercado de trabalho, por meio de capacitação. E o resultado dessa ação são os mais de três mil moças e rapazes certificados em panificação e confeitaria, informática, artesanato e metalomecânica (ramo da metalurgia que trabalha na produção de materiais metálicos, a exemplo de calhas e coifas). O projeto oferece também refeições diárias durante a realização dos cursos.

A idealizadora da inciativa é a funcionária aposentada do Banco do Brasil, Nára Clebia Morais Recktenwald, que inspirada na campanha “Brasil sem Fome”, do sociólogo Herbert José de Sousa - o Betinho - decidiu arregaçar as mangas para oportunizar aos jovens carentes da cidade o ingresso ao mercado de trabalho. Para a empreitada, ela convidou colegas do Banco do Brasil dos quais seis continuam atuando ativamente de forma voluntária.

Uma das exigências para participar do projeto é estar estudando. Os resultados são percebidos no comportamento, na frequência e notas escolares. Ao finalizar o curso, os alunos terão recebido conhecimentos de qualidade e estarão aptos aentrar no mercado de trabalho e assim contribuir também com o aumento da renda familiar.

A parceria com a Fundação Banco do Brasil iniciou em 1997, quando a entidade recebeu recurso para a compra de equipamentos que são usados até hoje. Em 2016, nova parceria foi firmada para renovação dos equipamentos da instituição.

Em 2017, a entidade foi contemplada com R$ 50 mil para a compra de um veículo utilitário, que é usado nas visitas às residências dos atendidos e semanalmente na compra de alimentos para as refeições dos alunos. Em dezembro, outra parceria foi firmada com Fundação BB, dessa vez no valor de R$ 69 mil para o projeto “Profissionalização e Cidadania”. O recurso será usado na capacitação de novos alunos, com início previsto para fevereiro próximo.

“Somos uma família. Aqui na nossa associação, esposas, esposos, filhos e amigos participam e atuam juntos sempre que necessário. A maioria dos alunos sentem-se inseridos em uma família, e não querem deixar a associação ao finalizar os cursos. Aqui eles têm carinho, alimentação, direitos e deveres. E os voluntários e funcionários que aqui chegam acabam ficando e se inserindo no contexto”, disse.

Além da Fundação BB, são parceiros também do Comitê, a Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB), por meio do Instituto Viva Cidadania, Ministério Público, Grupo Gerdau e Renova de Cachoeirinha.

A divulgação deste assunto contempla três Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.

01ods 100x100 08ods 100x100 010ods 100x100      

Publicado em Notícias

Entidades com projetos de inclusão social para população mais vulnerável podem se inscrever por meio de um funcionário voluntário do Banco do Brasil

A Fundação Banco do Brasil lança nesta terça-feira, 2, nova chamada interna do Programa de Voluntariado BB FBB. Projetos sociais desenvolvidos por entidades sem fins lucrativos que contam com a atuação de um voluntário e funcionário do Banco do Brasil podem participar da seleção. As inscrições vão até 16 de fevereiro de 2018.

O Programa tem foco nos projetos voltados a grupos que compõem a base da pirâmide social, públicos de políticas governamentais, em situação de vulnerabilidade social, principalmente jovens e mulheres. A seleção busca apoiar iniciativas que promovam a cidadania, geração de trabalho e renda, cuidado ambiental, educação, cultura, esporte e saúde. A Fundação BB fará investimento social de R$ 3 milhões para apoiar projetos com orçamentos entre R$ 50 mil e R$ 100 mil.

Os voluntários interessados devem enviar, à uma agência do Banco do Brasil, uma proposta simplificada que descreva objetivo, valor proposto, público-alvo e número de participantes. O voluntário BB precisa estar cadastrado no Portal do Voluntariado.

Conheça aqui a Chamada 2018

Iniciativas de sucesso
As seleções anteriores do Programa Voluntariado BB FBB apoiaram diversas iniciativas. Um exemplo é o projeto Ecotrilhas Serrinha, desenvolvido no Distrito Federal pelo Instituto Oca do Sol, voltado para a ampliação do ecoturismo e a conscientização ambiental para preservar o cerrado, conta com o apoio de R$ 61 mil do Voluntariado BB FBB. Entre as ações previstas estão a estruturação de seis trilhas - três na Serrinha do Paranoá e três na região do Lago Norte - e a capacitação de voluntários e multiplicadores no combate a incêndios.

Outro exemplo é o Cordas em Concerto, firmado em parceria com a Associação Simonense de Cultura - SOS Cultura, com ações realizadas em São Simão (SP), tem o propósito de democratizar a música erudita entre crianças e jovens do município. O projeto recebeu apoio de R$ 68 mil que proporcionaram a continuidade de aulas de violino, violoncelo, viola erudita e contrabaixo para os 50 participantes.

A divulgação deste projeto contempla três Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.

06 ods100x100 011 ods 100x100 015ods 100x100

Publicado em Notícias

Estudantes atendidos pelo Programa poderão inscrever trabalhos sobre o tema até o dia 11 de setembro

Integrando as ações do 30º aniversário do AABB Comunidade, a Fundação Banco do Brasil e a Federação Nacional das AABBs (Fenabb) realizam o Concurso Agenda AABB Comunidade 2018 para alunos da rede pública de ensino, participantes do programa. Serão selecionadas produções originais e inéditas em desenho, fotografia, vídeo e história em quadrinhos (HQs) para compor a agenda anual de 2018 e ações comemorativas da nona edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social.

Os trabalhos escolhidos deverão ser relacionados à Tecnologia Social nas áreas de Alimentação, Educação, Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Saúde. As melhores produções serão premiadas com troféu, medalha, tablet e viagem para participar da cerimônia do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social em Brasília.

Para participar, o estudante deve estar vinculado à uma Associação Atlética do Banco do Brasil com convênio vigente do Programa Integração AABB Comunidade. Cada unidade poderá inscrever até três desenhos, três fotos, três HQs e um vídeo. Para facilitar a compreensão do tema e atendimento aos requisitos da seleção, os coordenadores pedagógicos e educadores irão ministrar estudos e debates para os alunos.

“Queremos despertar nesses jovens à criatividade aliada ao senso de responsabilidade social por meio das tecnologias sociais já certificadas pela FBB, para que eles se desenvolvam conhecendo seus direitos e deveres como cidadãos, com a consciência de que podem ser agentes de transformação dentro da sua comunidade”, declarou Asclepius Soares, presidente da Fundação BB.

As inscrições estão abertas até 11 de setembro e deverão ser encaminhadas à Fenabb, conforme orientações do regulamento.

Mais informações nos telefones 0800.726.5661; 0800.704.2106 – opção 7.

Encontre os anexos do regulamento acessando o site:http://www.fenabb.org.br/socioeducativos/

A divulgação deste prêmio contempla dois Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.

 04ods 100x100 010ods 100x100

Publicado em Notícias