Quarta, 31 Agosto 2016 10:27

Seminário aborda relação entre tecnologias sociais e novas formas de aprender Destaque

Escrito por Paula Crepaldi
Avalie este item
(2 votos)
Parceiros do projeto "Amigos da Cidadania da Cultura e do Meio Ambiente" Parceiros do projeto "Amigos da Cidadania da Cultura e do Meio Ambiente" Divulgação

Evento contou com a participação da Fundação BB e reuniu educadores e comunidade escolar de Campo Grande (MS)

O envolvimento da comunidade escolar no desenvolvimento local por meio das tecnologias sociais foi o tema central de evento realizado na Universidade Católica Dom Bosco, em Campo Grande, na última segunda-feira (29). O seminário "Interação das Tecnologias Sociais com Comunidades Escolares, Perspectivas de Desenvolvimento Local" contou com a participação do gerente de Parcerias Estratégicas e Modelagem de Programas e Projetos da Fundação Banco do Brasil, João Júnior.

Júnior explicou aos participantes que a implementação de tecnologias sociais geram formas criativas de aprendizagem e estimulam o protagonismo da comunidade para a transformação social. O destaque foi para a importância do professor nesse processo. "O educador tem papel fundamental em estimular a criatividade dos alunos para que eles mesmos identifiquem soluções para os problemas locais", disse.

O gerente da Fundação BB também apresentou no evento o Banco de Tecnologias Sociais (BTS) da Fundação BB, uma base de dados online que reúne metodologias reconhecidas por promoverem a resolução de problemas comuns às diversas comunidades brasileiras.

Atualmente, o BTS reúne 850 iniciativas. As tecnologias sociais desenvolvidas por instituições de todo o País podem ser consultadas por tema, entidade executora, público-alvo, região, UF, dentre outros parâmetros de pesquisa. Na página de cada iniciativa, há os dados dos responsáveis, possibilitando que organizações interessadas em reaplicar ou conhecer detalhes sobre o processo possam entrar em contato direto com as instituições que desenvolveram as tecnologias sociais.

O seminário teve também uma palestra com o professor doutor Paulo Roberto Padilha, do Instituto Paulo Freire-SP, e a exibição de um vídeo sobre o trabalho desenvolvido pela Escola Municipal Professor Fauze Scaff Gattas Filho, de Campo Grande. A unidade de ensino fundamental ganhou o primeiro lugar da Região Centro Oeste no Prêmio Finep 2010 em Tecnologia Social, com o projeto "Amigos da Cidadania da Cultura e do Meio Ambiente". A realização do seminário fez parte das ações desenvolvidas pelo projeto na escola.

Ler 9246 vezes Última modificação em Sexta, 02 Setembro 2016 16:22

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.