Quinta, 09 Dezembro 2021 14:49

Projeto educacional Vozes Daqui lança plataforma online e inicia nova fase com alunos em Goiana (PE) Destaque

Escrito por Assessoria de Comunicação | Stellantis
Avalie este item
(0 votos)

STELLANTIS interna

Site é legado do projeto e será utilizado para propagar os aprendizados dos alunos a outras escolas do município

O projeto Vozes Daqui, que visa fortalecer a educação e promover o protagonismo juvenil em Goiana (PE), município que abriga o Polo Automotivo Stellantis, acaba de lançar sua plataforma online com todo o conteúdo desenvolvido pelos alunos ao longo do programa. Um dos legados da iniciativa, o site, servirá de apoio educacional para outras escolas municipais e será gerido futuramente pela Prefeitura de Goiana (PE). O Vozes Daqui, desenvolvido pela Stellantis em parceria com a Fundação Banco do Brasil, AVSI Brasil e Prefeitura Municipal de Goiana (PE), é dividido em três fases e acaba de celebrar sua entrada na etapa final. No dia 18 de novembro, o projeto educacional entregou as reformas das escolas participantes da segunda fase.

O site Projeto Vozes Daqui - Uma Aliança para o Desenvolvimento Sustentável contempla o resultado das atividades online e presenciais realizadas com os alunos, informações das ações, produções realizadas pelos estudantes, como curta metragens, fotografias e textos literários, materiais das oficinas e a disponibilização das lives realizadas. Todo o material poderá ser utilizado de forma pedagógica pelos professores da rede municipal com seus alunos em sala de aula, sendo um legado importante para a continuação das atividades no ambiente educacional.

Além da plataforma, o projeto inicia sua jornada nas redes sociais, ampliando seu espaço nos meios digitais, com o lançamento dos perfis no Facebook e Instagram para compartilhar conteúdos com os alunos e sociedade.

A terceira fase do projeto contempla outras três escolas municipais: Escola Municipal Lourenço Albuquerque Gadelha (Carne de Vaca); Adélia Carneiro Pedrosa e Capela de São Sebastião. O total de 150 alunos se dividem entre atividades socioeducativas e socioculturais nas oficinas de Educomunicação e Projetos Escolares. As aulas nas oficinas de Fotografia, Audiovisual já começaram e os alunos receberam tablets e pacotes de dados de internet para a participação nas aulas que seguem no formato híbrido. Os professores das escolas também participaram de uma capacitação on-line com o Professor Jayse Ferreira, que é Global Teacher Prize. As oficinas dos Projetos Escolares serão oficinas literárias e iniciaram em Dezembro. Os alunos optaram pela reforma de bibliotecas com sala multimídia.

“As oficinas realizadas pelo projeto são de grande importância para o desenvolvimento educacional dos jovens, ainda mais durante o período que vivenciamos com a pandemia do Covid-19, em que muitos desses estudantes ficaram sem o acesso diário as aulas. A entrega dos novos espaços das escolas e a nova plataforma são importantes frutos do projeto que permanecerão para além da iniciativa no dia a dia dos alunos”, destaca Fabrício Biondo, diretor da Comunicação Corporativa da Stellantis para a América Latina.

STELLANTIS VozesDaquiEscolasGoiana 2

Entrega das reformas

As reformas das escolas participantes da segunda fase foram entregues durante um evento na última quinta-feira (18). A Escola Municipal Dr. Manoel Borba e Escola Municipal IV Centenário receberam novas bibliotecas e salas multimídias a Escola Municipal Lourenço de Albuquerque Gadelha (Flexeiras) uma área recreativa. As melhorias fazem parte da iniciativa para o fomento da educação. 

Participaram os representantes da Stellantis, Fundação Banco do Brasil, AVSI Brasil, Prefeitura de Goiana (PE), gestores das escolas, professores, equipe do projeto Vozes Daqui, alunos, além da homenageada Maria do Carmo Cordeiro, que deu o nome da biblioteca da Escola Municipal Manoel Borba. Além de conhecer os espaços, também foi possível conferi a exposição dos trabalhos dos alunos, resultado das oficinas do projeto.

O prefeito de Goiana (PE), Eduardo Honório, ressaltou a importância da parceria realizada para fortalecimento da educação no município e os benefícios aos alunos, professores e toda comunidade escolar. “Que os pilares para a vida hoje sejam: Educação, Saúde e Segurança. E que esses novos espaços contribuam para fortalecimento desses pilares”, frisou.

A aluna do 9º ano da Escola Municipal Dr. Manoel Borba, Monica Silva, adorou o espaço da nova biblioteca: “Fiquei muito feliz pela escolha desse espaço, pois eu adoro ler e ficava triste de não ter uma biblioteca aqui na escola. Se eu pudesse agora, morava nesse espaço”, diz.

Para a coordenadora do Vozes Daqui, Tatiana Belo, da AVSI BRASIL, a entrega dos novos espaços reflete o compromisso da inciativa com o fortalecimento do protagonismo dos alunos e fomento a educação e desenvolvimento escolar. “Ficamos felizes por entregar mais três espaços escolares, construídos a partir de muitas mãos de forma participativa, desde a sua concepção, quando da escolha pelos pais, alunos, professores e gestores no diagnóstico escolar. Que as bibliotecas /sala multimídias entregues possam ser um espaço de inclusão e que possa fomentar o conhecimento. Que a área recreativa possa ser um espaço de convivência, trocas e de realização de atividades que contribuam com o desenvolvimento motor, cognitivo, físico e emocional dos alunos”, ressalta.

A presidente da Fundação Banco do Brasil destaca o resultado da parceria para o projeto em Goiana. “O Vozes Daqui é o resultado de uma parceria valiosa que contribui para a efetiva transformação social das pessoas, conectando tecnologia social, educação para o futuro e geração de trabalho e renda”, destaca Eveline Veloso Susin, presidente da Fundação Banco do Brasil. 

STELLANTIS VozesDaquiEscolasGoiana 101

Ações realizadas nas duas primeiras fases

O Vozes Daqui começou em setembro de 2019 e contempla o atendimento de nove escolas da região, três em cada fase. As atividades são desenvolvidas em Projetos Escolares e Educomunicação. No Projetos Escolares, alunos, pais, gestores e professores respondem a um diagnóstico sobre os espaços escolares e identificam as necessidades de melhorias para cada escola participante. Fazem parte da Educomunicação as atividades teóricas e práticas, como nas oficinas de fotografia e audiovisual.

Na primeira fase do projeto, 171 alunos do Ensino Fundamental II, 32 professores e gestores escolares e 18 lideranças e moradores da comunidade participaram das atividades. As ações revitalizaram o espaço físico do ambiente escolar da Escola Manoel César Albuquerque e reformaram, implantaram biblioteca e sala Multimídia na Escola Municipal Irmã Marie Armelle Falguieres e na Escola Municipal Presidente Costa e Silva.

Com o início da pandemia do Covid-19, em 2020, as atividades presenciais com os alunos foram suspensas e transferidas para o ambiente on-line. O projeto adquiriu tablets, chips e pacote de internet para os estudantes acompanharem as atividades de Educomunicação. No fim de 2020, a iniciativa ainda realizou o Ciclo de Diálogos Vozes Daqui, com lives realizadas com convidados e transmitidas pelo canal do projeto no YouTube.

A segunda fase teve a participação de mais 158 jovens do Ensino Fundamental II da Escola Municipal Lourenço de Albuquerque Gadelha (Flexeiras-centro), Escola Municipal IV Centenário e Dr. Manoel Borba. Enquanto parte dos alunos participaram de atividades teóricas e práticas nas oficinas de Educomunicação, que ocorreram em formato híbrido (on-line e presencial), os inscritos no Projetos Escolares que ajudaram no diagnostico de melhorias das escolas, participaram de oficinas socioeducativas como oficinas literárias e de poesia.

A previsão é que o projeto seja concluído no primeiro semestre de 2022, com o término das oficinas e das reformas das escolas da etapa três. 

Site do Vozes Daqui:

Projeto Vozes Daqui - Uma Aliança para o Desenvolvimento Sustentável

Ler 1081 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.