Sexta, 12 Janeiro 2018 10:27

Parceria com Fundação BB possibilitará aumento da produção para agricultores familiares de Porteirinha-MG Destaque

Escrito por Elizângela Araújo
Avalie este item
(1 Votar)

Projeto em execução garante compra de mini trator e implementos para auxiliar produção de frutas e hortaliças e de utilitário para transporte da produção até o Mercado Municipal

Dobrar a produção de cerca de 500 quilos mensais e expandir a comercialização de frutas e hortaliças produzidas por agricultores familiares são os principais objetivos da parceria entre a Associação Casa de Ervas Barranco de Esperança e Vida (Acebev) e a Fundação Banco do Brasil.

Orçado em cerca de R$ 70 mil, o projeto “Agroecológicos – Saúde para as pessoas e para o meio ambiente” viabilizará a compra de um mini trator e um veículo utilitário pela Acebev. Ainda em fase inicial de execução, a iniciativa proporcionará aumento de renda para 42 pequenos produtores agroecológicos associados à entidade.

Localizada em Porteirinha (MG) e distante 582 Km de Belo Horizonte, a Associação atende cerca de quatro mil agricultores por ano, com ações em áreas como economia solidária, bioconstrução, terapias naturais e agroecologia, entre outras.

De acordo com o engenheiro agrônomo Jorge Carlos Cantuária, vice-presidente da associação, a aquisição do mini trator deverá permitir aos agricultores participantes da iniciativa duplicar a produção de alface, couve, coentro, abóbora, laranja, tangerina, limão e uva, entre outros produtos.

Atualmente, a produção é vendida na própria sede da Acebev. Com a camionete, os produtos poderão ser comercializados no Mercado Municipal, o que possibilitará a ampliação do público consumidor e maior visibilidade dos produtos.

A iniciativa da Acebev surgiu da busca de minimização dos efeitos da estiagem sobre a economia local, que nos últimos nove anos impactaram principalmente a agricultura familiar organizada em cooperativas e associações e a bovinocultura de corte e leite, que são as principais atividades econômicas da região.

Com a redução de 50% do rebanho nesse período, os criadores têm enfrentado queda na renda e consequente piora nas condições de vida, saúde e alimentação. “Acreditamos muito na melhoria das condições de produção e de comercialização a partir desse apoio”, afirma Cantuária.

O projeto foi apresentado à Fundação BB por meio da Chamada Interna Projeto Voluntários BB FBB Aposentados 2016. 

A divulgação deste assunto contempla quatro Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.

01ods 100x100 02ods 100x100 08ods 100x100 012ods 100x100 

Ler 808 vezes Última modificação em Quarta, 17 Janeiro 2018 11:36

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.