Quarta, 05 Julho 2017 16:33

Iniciativa recupera vegetação e melhora produção leiteira em Minas Gerais Destaque

Escrito por Paula Crepaldi
Avalie este item
(1 Votar)

Com investimento social de R$214 mil da Fundação BB, projeto vai envolver 150 agricultores familiares de Governador Valadares

Gerar renda para cerca de 150 famílias de agricultores de Distrito Córrego dos Bernardos, em Governador Valadares (MG), com a melhoria na qualidade do solo e da água e a ampliação da produção leiteira. Esses são os objetivos do projeto “Implantação de Tecnologias Alternativas de Produção de Água e Renda”, da Associação Comunitária Amigos e Moradores dos Bernardos – ACAMVB, em parceria com a Fundação Banco do Brasil.

As atividades do projeto envolvem a recuperação de áreas degradadas por meio do plantio de 6 mil mudas frutíferas e espécies nativas da Mata Atlântica, além de campanhas de orientação à comunidade para a preservação ambiental. O investimento social da Fundação BB é de cerca de R$ 214 mil.

Para aumentar a produção de leite, será reaplicada a "Tecnologia Social Balde Cheio" , que emprega técnicas para melhoria da qualidade do pasto e da alimentação do gado, aliado ao uso mais racional da área ocupada pelo rebanho.

O vice-presidente da associação, Alisson Vila Real Mattos, acredita que essas técnicas podem aumentar a produção de leite em mais de 60 por cento, dependendo da propriedade. "A situação de cada produtor será avaliada, desde a capacidade da produção como o tamanho da propriedade. A partir desse levantamento, vamos trabalhar para que cada um alcance seus objetivos."

Além das técnicas de pastagem, criação de gado e gestão do empreendimento, os agricultores familiares receberão orientação para o uso mais racional da água na irrigação do pasto e no abastecimento dos animais. A iniciativa atraiu o interesse da Universidade Federal de Minas Gerais, que irá acompanhar a utilização sustentável dos recursos hídricos nas propriedades.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) também é parceiro do projeto. A instituição oferecerá aos participantes dois cursos técnicos sobre recuperação de nascentes e áreas degradadas.

De acordo com Mattos, todas as ações de conscientização e de preservação ambiental vão ajudar a recuperar o ecossistema da região, trazendo muitos benefícios sociais. "Nossa região passou por extrativismo bastante predatório. As novas gerações não tem conseguido produzir na terra suficientemente e acabam migrando para as cidades. Como esse projeto, procuramos evitar o êxodo rural."

Rio Doce - O projeto é uma das iniciativas selecionadas via edital, em 2016, para gerar renda e inclusão social a famílias que foram impactadas pelo rompimento da barragem do Fundão, em Mariana, que poluiu a Bacia do Rio Doce, em 2015

A divulgação deste projeto contempla três Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.

02ods 100x100 08ods 100x100 010ods 100x100
     

Ler 9584 vezes Última modificação em Quinta, 31 Agosto 2017 12:13

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.