Terça, 18 Fevereiro 2020 11:57

Histórias Valiosas apresenta personalidade da educação ambiental Destaque

Escrito por Alenor Alves e Kelly Quirino
Avalie este item
(1 Votar)

Portal Interno Sergio

Trajetória de Sérgio Besserman Viana à frente do Jardim Botânico do Rio é retratada em vídeo produzido pela Fundação Banco do Brasil


O segundo episódio da websérie Histórias Valiosas é sobre um carioca, cujo interesse no desenvolvimento econômico do Brasil o impulsionou a fazer doutorado em economia. Foi diretor da área social do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, em 1997, e presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE entre 1999 e 2003.

Professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e ambientalista, atualmente ocupa o posto de presidente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, um dos mais importantes centros de pesquisa mundiais nas áreas de botânica e conservação da biodiversidade. Este é Sérgio Besserman Viana.

Besserman administra um patrimônio ambiental, cultural e histórico de 6.500 espécies distribuídas em 54 hectares, monumentos de valor histórico, artístico e arqueológico, a mais completa biblioteca do País especializada em botânica, com mais de 32 mil volumes, e o maior herbário do Brasil com 600 mil amostras desidratadas.

As histórias da Fundação BB e da instituição presidida por Besserman se encontraram no início de 2018, com o projeto “Educação Patrimonial e Ambiental do Jardim Botânico do Rio de Janeiro”. A iniciativa tem o propósito de ampliar o acesso ao acervo natural do espaço a partir da implementação de soluções digitais de acesso e de experiência de visitação.

Assista agora ao vídeo com a história valiosa de Sérgio Besserman:

 

Riqueza natural na palma da mão

A parceria materializa o alinhamento do propósito da Fundação Banco do Brasil de valorizar vidas e transformar realidades com a missão do Jardim Botânico de conservação da biodiversidade e a integração entre ciência, educação, cultura e natureza.

Para Sérgio Besserman, o apoio permitiu ao Jardim subir de patamar na disseminação de conhecimento: “E a arte e a cultura presentes no Jardim são alcançáveis através da conexão de tudo: do humano, das letras, do visual e do que pode ser observado com um aplicativo." O app Jardim Botânico RJ proporciona o conhecimento de espécies de plantas e a navegação por trilhas temáticas de forma interativa.

Também são desenvolvidas atividades junto a alunos de escolas públicas da capital carioca, como a utilização de óculos de realidade virtual (VR) em sala de aula. A iniciativa proporcionou ainda a implantação de bilheteria eletrônica, a aquisição de carrinhos elétricos para acesso de pessoas com necessidades especiais e com deficiência e sinal wi-fi em todo o Jardim para uso dos visitantes.

Se você quer contribuir com algum projeto da Fundação, acesse doar.fbb.org.br.

Acompanhe estas histórias também nas redes sociais da Fundação BB: twitter.com/fundacaobb, facebook.com/fundacaobb, youtube.com/fundacaobb e instagram.com/fundacaobb.

Ler 779 vezes Última modificação em Terça, 03 Março 2020 10:42

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.