Terça, 18 Julho 2017 11:27

Entidade capacita pessoas com deficiência para mercado de trabalho em Goiânia Destaque

Escrito por Dalva de Oliveira
Avalie este item
(1 Votar)
Foto de aluno do curso Menor Aprendiz Foto de aluno do curso Menor Aprendiz

Com a parceria da Fundação BB desde 1998, a Osceia já recebeu investimento de mais de um milhão de reais 

Cuidar de pessoas com deficiências múltiplas é uma das prioridades das Obras Sociais do Centro Espírita Irmão Áureo (Osceia), que há 33 anos atua na cidade de Goiânia.

Para assegurar os direitos dos atendidos, promover a equiparação de oportunidades, dar autonomia e garantir acessibilidade, a entidade firmou nova parceria com a Fundação Banco do Brasil, que fez um investimento social no valor de R$ 250 mil para o projeto Osceia - Integrando para a vida”.

A ação irá promover capacitações nas áreas de inclusão digital, estamparia, varejo e vendas para vinte e cinco pessoas com deficiências múltiplas – baixa visão, deficiência física, intelectual leve a moderada, mental leve a moderada e deficiência auditiva. Todos os cursos terão estágio supervisionado em ambiente simulado, de acordo com o Plano de Trabalho. O recurso da Fundação BB será usado também para compra de materiais, contratação de equipe técnica e reformas para adaptações físicas das instalações.

Para assistente social da Osceia Ana Carolina Barbosa, a parceria com a Fundação Banco do Brasil, aliada de muitas ações conjuntas, será fundamental na execução do projeto Osceia - Integrando para a vida. "Juntos superaremos barreiras para a inclusão produtiva da pessoa com deficiência, construindo novas tecnologias sociais, convocando a participação humanitária da sociedade ao exercício de sua responsabilidade social, elementos fundamentais para transformação de uma coletividade".

Os projetos da Fundação Banco do Brasil com a Osceia tiveram início em 1998 e, desde então, foram investidos mais de um milhão de reais em ações de apoio à comunidade, com foco na família em risco social.

"Essa parceria nos mostra que estamos no caminho certo. A inclusão das pessoas com deficiências ocorre quando elas se tornam participantes da vida social, econômica e política. Assim é possível assegurar a cidadania e respeito aos seus direitos”, afirma Érick Nogueira, gerente de Análise de Projetos.

As Obras Sociais do Centro Espírita Irmão Áureo foi fundada em 1984. Com sede no Jardim Nova Esperança, região noroeste de Goiânia, a instituição conta ainda com outras duas unidades na capital e faz mensalmente cerca de dois mil atendimentos diários nas áreas de convivência e fortalecimento de vínculo, capacitação profissional, educação infantil, ensino regular (do primeiro ao nono ano), jovem aprendiz, núcleo de atendimento ao idoso, atendimentos à gestante e à pessoa com deficiência.

Com a parceria da ONG internacional Goodwill, a Osceia mantém nas dependências da instituição, a loja Goodwill Goiás, com vendas de roupas, utensílios, móveis e eletroeletrônicos, frutos de doações, em bom estado, que são vendidas para toda a população com preços acessíveis. Toda a renda da loja é revertida para programas de capacitação e inclusão de pessoas. A loja é denominada de “ambiente simulado”. O nome é dado, porque simula e prepara os funcionários para o mercado formal de trabalho.

Ler 5138 vezes Última modificação em Terça, 18 Julho 2017 14:38

2 comentários

  • Link do comentário Fundação Banco do Brasil Quarta, 29 Novembro 2017 18:37 postado por Fundação Banco do Brasil

    Olá Ivone, obrigada por entrar em contato com a Fundação Banco do Brasil. A foto foi enviada para a Fundação BB pela OSCEIA - Obras Sociais do Centro Espírita Irmão Áureo, de Goiânia (GO). Não temos autorização para divulgá-la em outros canais externos à Fundação. Segue o contato da OSCEIA para que você solicite a eles, ok? (62)3297-8565 secretaria@osceia.org.br

    Abraços!

  • Link do comentário Ivone Santana Terça, 21 Novembro 2017 15:16 postado por Ivone Santana

    Olá, trabalhamos na edição do site http://www.camarainclusao.com.br e gostaríamos de utilizar a foto que ilustra essa notícia para ilustrar uma matéria sobre o programa de aprendizagem para pessoas com deficiência. Gostaríamos de ter a sua autorização. Aguardamos retorno.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.