Terça, 13 Novembro 2018 11:35

Criadores de publicações sociais ganham prêmio Escolha do Leitor Destaque

Escrito por Assessoria de Comunicação
Avalie este item
(1 Votar)

Donos da Editora Mol, sócios Roberta Faria e Rodrigo Pipponzi, foram escolhidos em votação online no Prêmio Empreendedor Social 2018

Criadores da Editora Mol, Roberta Faria, 37, e Rodrigo Pipponzi, 38, venceram a 14ª edição do Prêmio Empreendedor Social 2018, na categoria Escolha do Leitor. Com 80,1% dos 516.395 votos, os vencedores tiveram um engajamento recorde, conquistando a preferência desde o inicio da votação e mantendo a liderança.

A Mol produz revistas e livros que são vendidos em parceria com redes de varejo, e a verba revertida é destinada a ONGs. Com os produtos socioeditoriais, a empresa social já distribuiu R$ 25 milhões em doações para ONGs. A categoria Escolha do Leitor, de patrocínio exclusivo da Fundação Banco do Brasil, recebeu mais de 515 mil votos ao longo dos 40 dias que a votação ficou no ar no site da Folha. A votação foi feita com base nos vídeos de um minuto em que os empreendedores contaram a própria história e a de sua iniciativa.

O anúncio foi feito na cerimônia do Prêmio Empreendedor Social na noite desta segunda-feira (12), no Teatro Porto Seguro, em São Paulo. "Os maiores recursos são os amigos que a gente pode ter. Nossa equipe tem uma capacidade de engajar de fazer inveja a boyband", disse Roberta ao receber o troféu. "Da mesma forma que a gente consegue se unir como grupo, sabe da responsabilidade que isso traz. Vamos honrar cada um dos votos", disse Rodrigo.
Roberta e Rodrigo foram duplamente vencedores ao ganharem também na avaliação do júri o Prêmio Empreendedor Social 2018.

Faria e Pipponzi disputaram com os outros cinco finalistas – Pedro Paulo Diniz, 48, da Fazenda da Toca; e Luke Dowdney, 46, da Luta pela Paz – e do Empreendedor Social de Futuro – Mathieu Anduze, 25, e Raphael Mayer, 24, da Simbiose Social; André Biselli, 28, e Victor Castello Branco, 29, da Ecolivery Courrieros; e Júlia Carvalho, 24, da Fast Food da Política, vencedora do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social em 2017, na categoria Educação.

"Eu estou muito feliz, dá muito orgulho e segurança participar dessa rede, acho que a gente vai ter trocas incríveis", disse Júlia após a cerimônia, em referência à rede de empreendedores sociais que ela passa a fazer parte por ter sido uma das finalistas.

Julia Fest Food da Politica

Conheça mais sobre a tecnologia social Fast Food da Política


Veja a TS no Banco de Tecnologias Sociais


Acompanhe mais notícias sobre o Prêmio Empreendedor Social 2018

Ler 1433 vezes Última modificação em Terça, 13 Novembro 2018 14:33

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.