Sexta, 11 Junho 2021 11:23

Cerrado: uma rica savana tropical Destaque

Escrito por Assessoria de Comuniacação
Avalie este item
(1 Votar)

interna

Bioma corresponde a quase 24% do território nacional

Em celebração ao mês do Meio do Ambiente comemorado em junho, a Fundação Banco do Brasil destaca um dos biomas mais importantes do país: o Cerrado. Há cerca de 5% de toda a diversidade do planeta e abrange uma rica pluralidade de clima, solo e vegetação que possibilita o cultivo de uma vasta biodiversidade, e cobre uma área de dois milhões de km², que corresponde a 204 milhões de hectares.

É encontrado na parte mais central do Brasil, incluindo os estados de Goiás, Maranhão, Piauí, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal. Mas também está presente também em pequenas porções do Paraná, no Sul; e de Rondônia e Tocantins, na região Norte.

Para demonstrar a riqueza natural e variedade catalogada, somente na classe de répteis são 262 espécies registradas no Cerrado. São elas:

  • 158 espécies de serpentes;
  • 74 de lagartos;
  • 30 de cobras-cegas;
  • 209 de anfíbios (como sapos, pererecas, rãs, etc);
  • 800 de peixes;
  • 856 de aves;
  • 251 de mamíferos;
  • mais de mil espécies de borboletas;
  • cerca de 10 mil de mariposas;
  • 300 de formigas;
  • 139 de vespas;
  • 820 de abelhas;
  • 140 gêneros de cupins.

E com olhar atento para sua preservação, atualmente a Fundação BB possui duas iniciativas dedicadas ao bioma, que são: Conserva Cerrado e o Recupera Cerrado.

O Conserva Cerrado tem inscrições abertas até 18 de junho, pelo link, e é um Edital de Acordo de Cooperação, entre a Fundação Banco do Brasil e o Instituto Brasília Ambiental. A ação tem por objetivo suprir as áreas protegidas do Distrito Federal, de instrumentos de gestão e planejamento para a proteção da natureza. Será selecionada proposta com a finalidade de elaborar estudos técnicos para criação, recategorização, definição de poligonais e elaborar planos de manejo de Unidades de Conservação (UC’S) no DF. O certame traz ainda o mapeamento das áreas prioritárias para a conservação no Distrito Federal.

Lançado em 2020, o Recupera Cerrado é um programa de recuperação do bioma no Distrito Federal, realizado em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal (SEMA/DF) e o Brasília Ambiental. A ação acontece em recuperação de espaços degradados e danos nas áreas de proteção permanente da Orla Norte do Lago Paranoá.

O Instituto Espinhaço - Biodiversidade, Cultura e Desenvolvimento Socioambiental, de Minas Gerais foi habilitado por meio de edital para iniciar o projeto. A iniciativa seleciona projeto direcionado à recomposição florestal com espécies vegetais (arbóreas, arbustivas e/ou herbáceas) nativas no bioma Cerrado. Além de manutenção e monitoramento das áreas em recomposição.

*Com informações da Embrapa.

Ler 74 vezes Última modificação em Sexta, 11 Junho 2021 11:36

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.