Terça, 31 Agosto 2021 15:52

Categoria Inovação Digital: participação cidadã e inclusão social
 Destaque

Escrito por Assessoria de Comunicação
Avalie este item
(0 votos)

interna   artesanato

Três tecnologias sociais foram selecionadas por contribuírem com soluções alternativas para tratar de problemas sociais

Tecnologias sociais de base digital com potencial de inovação na perspectiva do desenvolvimento sustentável são finalistas na modalidade Inovação Digital, da 11ª edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social. São elas:  Artesanato 5.0 - Rede Nacional do Artesanato Cultural Brasileiro e Monitorando a cidade, de São Paulo; e Custo fácil, de Santa Catarina. As iniciativas contam com a participação da comunidade no desenvolvimento e uso das tecnologias digitais para tratar de problemas sociais. São ciências emergentes, como software livre, hardware aberto, redes abertas e conhecimento compartilhado, para promover a participação cidadã e a inclusão social.

Foram avaliadas segundo critérios de interação junto à comunidade, transformação social, inovação e facilidade na reaplicação. Elas concorrem aos prêmios de R$ 100 mil para a primeira posição, e de R$ 50 mil para o segundo e terceiro lugar. Além da certificação e do reconhecimento financeiro, todas as instituições finalistas participarão do Pitch Day, receberão um troféu e um vídeo retratando sua iniciativa.

Saiba mais sobre as finalistas

O Artesanato 5.0 - Rede Nacional do Artesanato Cultural Brasileiro faz uso da comunicação e da tecnologia, pois utiliza o meio digital para ganhar escala, democratizar o acesso ao conhecimento e dialogar com diferentes públicos numa perspectiva educativa. O objetivo é salvaguardar o artesanato de tradição cultural brasileira como um patrimônio nacional e uma ferramenta de transformação social, possibilitando um futuro próspero para as artesãs e artesãos do país.

 Monitorando a cidade é um kit de ferramentas de coleta de dados colaborativos e metodologia projetada para ajudar as comunidades a acompanhar temas de interesse que podem variar desde de problemas de infraestrutura até avaliação do progresso das promessas feitas pelo governo local ou a entrega de serviços públicos. A iniciativa permite que os usuários definam uma questão de interesse, desenvolvam uma pesquisa de coleta de dados, distribuam a pesquisa aos telefones dos membros da comunidade e visualizem os resultados agregados na forma de mapas e gráficos gerados automaticamente online.

A tecnologia Custo fácil qualifica a gestão dos estabelecimentos agropecuários que produzem frangos e suínos de forma integrada, com destaque àqueles da agricultura familiar que não têm acesso a gestores profissionais ou escritórios de contabilidade, mas que desejam profissionalizar a gestão. A iniciativa envolve capacitação continuada de multiplicadores, material didático e um aplicativo de acesso gratuito, com base em indicadores fáceis de medir e de interpretar e de forma simples.

Neste ano, o total do investimento é de até R$ 2 milhões em premiação e certificação, divididos entre as cinco categorias. O Prêmio é destinado a instituições de ensino e de pesquisa, fundações, cooperativas, organizações da sociedade civil e órgãos governamentais de direito público ou privado, legalmente constituídas no Brasil.

Rede Transforma!
A plataforma Transforma! conta com mais de 600 iniciativas. O canal digital reúne metodologias reconhecidas por promoverem a solução de problemas socioambientais presentes em diversas comunidades brasileiras. No acervo, é possível consultar por tema, cidade, estado ou país, entre outros parâmetros de pesquisa.

Parceiros e apoiadores

Nesta edição, o evento conta com a parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); BB Gestão de Recursos (BBDTVM); BB Tecnologia e Serviços (BBTS); Ativos S.A. e com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco); Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO); Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD); Escola Nacional de Administração Pública (Enap); Pátria Voluntária; Casa Civil; Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações; Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Confira as outras categorias finalistas aqui

Confira a lista das 59 Certificadas aqui

Ler 315 vezes Última modificação em Terça, 31 Agosto 2021 16:02

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.