Tuesday, 31 October 2017 15:19

Alimentos orgânicos sob encomenda

Written by Paula Crepaldi
Rate this item
(1 Vote)

Metodologia une consumidores e agricultores para garantir qualidade da produção, eliminando intermediários no processo de venda e proporcionando sustentabilidade ambiental

Inverter o foco de atenção do consumidor – do preço dos alimentos para o cuidado com quem produz – é a aposta de um sistema de trabalho que surgiu em 2011, em Botucatu (SP), para proporcionar uma mesa mais saudável para as famílias e as futuras gerações. Pela proposta, um grupo de consumidores se une a um agricultor e se torna corresponsável pela produção – desde bancar previamente o plantio, em cotas mensais, passando pela gestão financeira e administrativa do empreendimento até a distribuição da colheita entre os participantes. Sem precisar se preocupar com os recursos financeiros e a logística de distribuição, o agricultor pode focar somente na produção, o que o motiva a permanecer no campo. Os integrantes do grupo recebem de volta o investimento financeiro em cotas de alimentos retirados semanalmente.

Assim é realizada a Tecnologia Social "Criação e Estruturação de Comunidades que Sustentam a Agricultura". Para fomentar o surgimento de novas comunidades, foi constituída a Associação Comunitária CSA Brasil, em 2013. Hoje, há 79 grupos espalhados em dez estados do Brasil, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, com destaque para as capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília. A iniciativa concorre ao Prêmio Fundação Banco do Brasil, na categoria Economia Solidária.

A metodologia segue os princípios da produção orgânica e biodinâmica, que resgata o conhecimento ancestral de plantar de acordo com os ciclos naturais, utilizar plantas medicinais para nutrir o solo e combater as pragas de forma natural. A prática busca a manutenção da biodiversidade e utiliza racionalmente a água a partir da irrigação por gotejamento.

O diretor operacional da CSA Brasil, Wagner Ferreira dos Santos, explica que a tecnologia traz melhoria de vida para os consumidores e os agricultores. "A metodologia traz a possibilidade de produzir alimentos saudáveis respeitando a natureza e o meio ambiente, por um valor mais acessível, contribuindo assim para o crescimento da saúde, da educação alimentar e o aprendizado da vida em comunidade, além de remunerar de forma justa o agricultor e sua família, dando-lhes condições dignas de vida no campo", afirma.


Prêmio Fundação BB de Tecnologia Social
Este ano, o Prêmio Fundação BB tem 18 finalistas nas categorias nacionais e três na internacional. O evento de premiação será realizado em novembro. O concurso tem a cooperação da Unesco no Brasil e o apoio do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), do Banco Mundial, da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Você pode conferir as finalistas acessando fbb.org.br/finalistas.

A divulgação deste projeto contempla quatro Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.

03ods 100x100 08ods 100x100 011 ods 100x100 012ods 100x100

 

Read 6269 times Last modified on Tuesday, 31 October 2017 15:33

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.