Portal Interno Copasa

A reaplicação das tecnologias sociais dará continuidade ao Pró-Mananciais em 112 municípios mineiros

A Fundação Banco do Brasil e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) publicaram nesta terça-feira (03/12), a ordem de chamada das entidades que reaplicarão tecnologias sociais no estado de Minas Gerais. O edital tem investimento social de cerca de R$ 2 milhões e dará continuidade ao Programa de Proteção e Conservação de Mananciais - Pró-Mananciais, estratégia da Copasa  para abastecimento de água para rede pública. Serão atendidos 112 municípios mineiros com quatro tecnologias sociais certificadas pela Fundação BB e que integram o Transforma! Rede de Tecnologias Sociais.

Sobre o Pró-Mananciais

O Pró-Mananciais foi desenvolvido pelo governo de Minas Gerais por meio da Copasa. Entre as diversas atividades desenvolvidas, estão o cercamento de nascentes, plantio de mudas nativas em mata ciliar e implantação de bacias de contenção de enxurradas. A iniciativa vai além do cumprimento dos requisitos legais e regulamentares, pois estimula a pró-atividade, a responsabilidade social, a criatividade e o protagonismo a partir da formação de agentes locais transformadores, cujo trabalho integrado às políticas públicas locais amplia os resultados do Programa.

Clique aqui e conheça as entidades.

Published in Notícias

Portal Interno Copasa

Ação  dará  continuidade ao Pró-Mananciais em 112 municípios mineiros

A Fundação Banco do Brasil e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) divulgam, nesta quarta-feira (27/11), as entidades credenciadas no edital de reaplicação de tecnologias sociais em Minas Gerais. 

Em tempo, anunciam também, data e horário do sorteio que será realizado para a escolha das instituições vencedoras dentre as que se inscreveram para atuar nos mesmos Lotes/Grupos do edital.  Para esses casos, o item 5.11 do Edital prevê que a Comissão de Credenciamento deverá realizar sorteio em definição da ordem de chamada para a formalização dos contratos. 

O edital tem investimento social de cerca de R$ 2 milhões para dar continuidade ao Programa de Proteção e Conservação de Mananciais - Pró-Mananciais, estratégia da Copasa para abastecimento de água da rede pública. Ao todo serão atendidos 112 municípios mineiros.  Estão previstas no edital as reaplicações de quatro tecnologias sociais certificadas pela Fundação BB e que integram a plataforma Transforma! Rede de Tecnologias Sociais

Sobre o Pró-Mananciais 

O Pró-Mananciais foi desenvolvido pelo governo de Minas Gerais por meio da Copasa. Entre as diversas atividades desenvolvidas, estão o cercamento de nascentes, plantio de mudas nativas em mata ciliar e implantação de bacias de contenção de enxurradas. A iniciativa vai além do cumprimento dos requisitos legais e regulamentares, ele estimula a pró-atividade, a responsabilidade social, a criatividade e o protagonismo a partir da formação de agentes locais transformadores, cujo trabalho integrado às políticas públicas locais amplia os resultados do Programa. 

 Confira as informações AQUI

Published in Notícias

Portal Interna Copasa

O edital prevê a reaplicação de quatro tecnologias sociais em Minas Gerais.

A Fundação Banco do Brasil e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) divulgaram nesta terça-feira (29), o resultado preliminar com a lista das entidades habilitadas e inabilitadas no edital de Reaplicação de Tecnologias Sociais em Minas Gerais. O resultado pode ser conferido neste link.

A partir de quarta-feira (30), inicia-se o prazo de cinco dias úteis para que os inscritos possam apresentar recurso. Os recursos devem ser encaminhados ao e-mail This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. até às 23h59 do dia 5 de novembro.

Saiba mais sobre o edital aqui

Published in Notícias
Thursday, 26 September 2019 14:32

Edital Copasa/Fundação BB tem data prorrogada

Portal Interna Copasa
Credenciamento para propostas de reaplicação de tecnologias sociais em Minas Gerais será recebido até o dia 4 de outubro

A Fundação Banco do Brasil e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) prorrogaram o recebimento para as propostas do edital de reaplicação de tecnologias sociais em Minas Gerais para o dia 4 de outubro (recebimento até ás 18 horas na Fundação BB). O credenciamento prevê recursos de R$ 2 milhões para dar continuidade ao Pró-Mananciais, programa de proteção e conservação de mananciais usados pela empresa mineira no abastecimento da rede pública. Entidades sem fins lucrativos podem propor a reaplicação de tecnologias sociais em 112 municípios mineiros.

Estão previstas no edital as reaplicações de quatro tecnologias sociais certificadas pela Fundação BB e que integram o Banco de Tecnologias Sociais (BTS), são elas: 1) SAF – Sistemas Agroflorestais (uso ou manejo da terra que reúnem culturas agrícolas e espécies arbóreas, de maneira consorciada e que serve de base para a agricultura orgânica); 2) Biodigestor Sertanejo (produção de gás a partir de esterco animal), 3) Fossa Séptica TeVap (tratamento e disposição final dos dejetos do vaso sanitário domiciliar) e 4) Cisterna Ferrocimento (alternativa usada na captação e armazenamento de água da chuva). O Banco de Tecnologias Sociais é um acervo on-line que reúne todas as metodologias certificadas pela Fundação BB desde 2001.

As localidades onde serão reaplicadas as tecnologias sociais foram indicadas pela Copasa e estão relacionadas com as bacias hidrográficas de cada região do estado de Minas Gerais. Para ser contemplada, a entidade precisa comprovar capacidade técnica para atuar em reaplicação das tecnologias sociais ou similares às propostas no edital.

Sobre o Pró-Mananciais

O Pró-Mananciais foi desenvolvido pelo governo de Minas Gerais por meio da Copasa. Entre as diversas atividades desenvolvidas, estão o cercamento de nascentes, plantio de mudas nativas em mata ciliar e implantação de bacias de contenção de enxurradas. O Pró-Mananciais vai além do cumprimento dos requisitos legais e regulamentares, ele estimula a pró-atividade, a responsabilidade social, a criatividade e o protagonismo a partir da formação de agentes locais transformadores, cujo trabalho integrado às políticas públicas locais amplia os resultados do Programa.

Confira todas as informações do edital AQUI.

Published in Notícias