Thursday, 23 January 2020 16:05

Parceria ajuda imigrantes e refugiados em um novo recomeço Featured

Written by Dalva de Oliveira
Rate this item
(1 Vote)

Portal Interno OpAcolhida

Fundação BB disponibiliza em seu portal soluções para recebimento de doações para a Operação Acolhida

Josefina Xionara Medina, de 60 anos, é da cidade de El Tigre, na Venezuela. Mãe de sete filhos e avó de dois Josefina Xiomara Medina VENEZUELANAnetos, quando veio para o Brasil só três dos filhos puderam acompanhá-la e os outros ficaram no seu país. Hoje ela e a família vivem no Abrigo São Vicente 1, um dos 11 abrigos que acolhem 5.400 pessoas na capital de Roraima. “O meu desejo é ir para outro estado brasileiro para poder trabalhar e dar melhores condições à minha família e estudos aos meus netos”.

Esse é o retrato do estado de Roraima, principal porta de entrada da maioria dos imigrantes e refugiados venezuelanos que chegam ao Brasil. Com a ajuda da Operação Acolhida, as famílias estão tendo a oportunidade de sonhar com uma vida melhor.

A Operação Acolhida foi criada com o intuito de construir medidas de assistência emergencial para acolhimento de imigrantes venezuelanos, em situação de vulnerabilidade. Para o cumprimento desse objetivo, é realizado apoio logístico em transporte, alimentação e saúde, bem como suporte para o processo de interiorização no país.

Pensando em contribuir nessa força-tarefa, a Fundação Banco do Brasil e a Casa Civil da Presidência da República uniram esforços e lançaram neste mês no portal da Fundação BB (https://acolhida.fbb.org.br/), a Área do Doador, solução que permite o recebimento de recursos de pessoas físicas e jurídicas do Brasil e do exterior. As doações podem ser realizadas por meio de transferências bancárias ou cartão de débito/crédito. A parceria é um desdobramento do acordo de cooperação assinado em outubro do ano passado.

A Fundação BB realizará a gestão dos recursos que serão integralmente investidos em ações de ordenamento, abrigo e interiorização, alinhadas com as decisões emanadas pelo Comitê Federal de Assistência Emergencial, coordenado pela Casa Civil.

A colombiana Viviana Peña, de 41 anos, após 12 anos morando em São Paulo, mudou-se para Roraima para assumir a coordenação do Abrigo São Vicente 1. Com esse trabalho, ela vê de perto como ações humanitárias ajudam a transformar vidas. “O que tenho visto aqui nesses dois anos são pessoas corajosas, guerreiras, com muita vontade de trabalhar, que deixaram tudo que tinham para trás. Eles querem construir uma vida melhor, principalmente para as crianças, porque aqui são muitas. Para mim é uma honra fazer parte dessa equipe”, declarou.

Se você deseja contribuir com imigrantes e refugiados, doe e ajude a transformar realidades. Acesse acolhida.fbb.org.br

Read 1240 times Last modified on Friday, 24 January 2020 10:47

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.