Quinta, 26 Janeiro 2017 09:29

Projeto para recuperar áreas degradadas chega ao interior de Rondônia

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

Agricultores familiares do município de Ministro Andreazza vão plantar cerca de 30 mil mudas

O uso intensivo da mesma área para pastagem, sem qualquer manejo, e a redução da vegetação têm sido responsáveis pela desagregação do solo e assoreamento dos rios, resultando na morte de nascentes do município de Ministro Andreazza (RO), distante cerca de 500 quilômetros de Porto Velho.

A Fundação Banco do Brasil e a Cooperativa de Produtores Rurais da Agricultura Familiar de Ministro Andreazza (Cooperandreazza) assinaram, nesta quarta-feira (25), um convênio para o projeto Água Viva, no valor de R$ 198,7 mil, que tem como objetivo recuperar as áreas degradadas e o lençol freático. A iniciativa também pretende gerar renda para 25 agricultores familiares que vivem basicamente da produção de café e da criação de gado leiteiro, além do envolvimento indireto de outros 50 agricultores. O projeto tem a parceria da Brasilcap.

A ação prevê o plantio de 30 mil mudas, sendo metade de espécies da flora brasileira e a outra metade de árvores frutíferas - cacau, cupuaçu, açaí, guaraná - sem uso de agrotóxico, uma alternativa a mais de renda no fim do mês.

“Esperamos conscientização em primeiro lugar. Que cada produtor, ao ver a terra recuperada, possa ganhar consciência do que é ter uma área degradada e não poder trabalhar nela. Esperamos também que o projeto possa melhorar a vida não só dos cooperados, mas também dos moradores vizinhos que dependem dos mananciais e rios em bom estado”, declarou Sueli Machado, presidente da cooperativa. A venda das frutas será uma alternativa a mais de renda no fim do mês.

De acordo com o técnico agrícola e assessor do projeto, Marcelo Poggian, o plantio das mudas será feito no período chuvoso, previsto para o final do mês de setembro. Ele explica que na fase atual, anterior ao plantio, os produtores vão preparar e isolar as áreas que irão receber o investimento.

A assinatura do convênio contou com a presença de representantes da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do Município de Ministro Andreazza; da Emater Rondônia, do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Ministro Andreazza e de autoridades municipais.

Ler 389 vezes Última modificação em Quarta, 01 Fevereiro 2017 15:32

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.